sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Ministra da Administração Interna diz que não se justifica alterar o nível de alerta em Portugal

A ministra da Administração Interna disse hoje que não se justifica alterar o nível de alerta de ameaça terrorista em Portugal, avançando que as autoridades mantêm o nível de vigilância e estão em permanente contacto com as congéneres europeias.

MANUEL DE ALMEIDA

"Neste momento as autoridades portuguesas continuam em permanente contacto com as suas congéneres europeias a seguir de forma permanente e contínua toda a situação e mantendo o nível de vigilância que temos tido nos últimos tempos e manteremos durante os próximos tempos", disse aos jornalistas Constança Urbano de Sousa.

As declarações da ministra foram feitas à margem da cerimónia de apresentação pública da missão que a GNR vai realizar, a partir de 01 de abril, na Grécia, no âmbito de uma operação da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros (Frontex).

Constança Urbano de Sousa adiantou que, neste momento, "não se justifica alterar o estado de alerta" em Portugal, que se encontra no nível moderado.

"Não podemos reagir a estes atentados, que são hediondos, por impulso. Temos que fazer uma avaliação e o Governo tem total confiança nas forças e serviços de segurança que estão no terreno e acompanham permanentemente esta situação", afirmou, destacando que o trabalho é "diário e contínuo".

A ministra disse também que a ameaça terrorista é "real e vai perdurar", não se conseguindo "acabar com ela de hoje para amanhã".

Por isso, sustentou que "exige um trabalho diário, persistente, contínuo em todas as frentes da luta contra o terrorismo", desde a prevenção, até à proteção, reação e perseguição criminal de todas aquelas pessoas que cometem estes crimes.

Questionada sobre a Estratégia Nacional de Combate ao Terrorismo, aprovada há cerca de um ano pelo anterior Governo, Constança Urbano de Sousa disse que o seu "nível de execução é satisfatório", existindo cada vez "uma maior partilha de informações entre todos os intervenientes no terreno" e "é continuada no tempo".

Constança Urbano de Sousa vai participar, na quinta-feira, em Bruxelas, juntamente com a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, no Conselho Extraordinário de Justiça e Assuntos Internos (JAI), reunião que foi marcada após os atentados de terça-feira em Bruxelas.

"Vamos discutir a situação da ameaça terrorista na Europa e reação da União Europeia a essa ameaça", disse ainda a ministra da Administração Interna.

Os atentados de Bruxelas, que visaram o aeroporto da capital da Bélgica e uma estação de metro do centro da cidade, fizeram pelo menos 31 mortos e 270 feridos.

Segundo a procuradoria belga, dois dos autores dos ataques são os irmãos Ibrahim e Khalil El-Bakraoui, nascidos em Bruxelas e de nacionalidade belga, havendo dois outros suspeitos por identificar, um dos quais está em fuga.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.