sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Polícia encontrou explosivos em apartamento de Schaerbeek

Polícia encontrou explosivos em apartamento de Schaerbeek

As autoridades belgas encontraram material explosivo na morada de onde terão saído ontem os três suspeitos dos atentados. Os dados foram divulgados à polícia pelo taxista que transportou os três homens.

A polícia encontrou 15 quilos de explosivos e vários materiais para o fabrico de bombas no apartamento de Schaerbeek de onde partiram os autores do ataque ao aeroporto de Bruxelas, informou hoje o procurador belga.

Como tinha sido avançado pela imprensa, o procurador, Frédéric Van Leeuw, indicou que foi uma informação dada pelo taxista que transportou os presumíveis terroristas para o aeroporto que permitiu às autoridades identificar a residência ocupada pelos suspeitos em Schaerbeek.

"15 quilos de explosivos do tipo TATP foram encontrados, 150 litros de acetona, um detonador, malas cheias de pregos, ventiladores e outros materiais", disse numa conferência de imprensa em Bruxelas.

Os explosivos do tipo TATP têm sido frequentemente usados por membros do grupo Estado Islâmico, que reivindicou os atentados de terça-feira no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maelbeek, em Bruxelas.

Por outro lado, e contrariamente ao que foi noticiado, o procurador afirmou que nenhuma arma, branca ou de fogo, foi encontrada no aeroporto.

Evocando o filme dos acontecimentos do dia de terça-feira, o procurador indicou que a primeira explosão no aeroporto ocorreu às 07:58 locais (06:58 em Lisboa) e a segunda 37 segundos depois.

Van Leeuw estabeleceu o balanço provisório de vítimas em 31 mortos e 270 feridos.

"Este número pode ainda infelizmente evoluir nas próximas horas", disse, referindo-se ao facto de haver vários feridos em estado crítico.

Com Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.