sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Aeroporto de Bruxelas encerrado pelo menos até domingo

O aeroporto internacional de Bruxelas-Zaventem vai permanecer encerrado para voos comerciais pelo menos até domingo, anunciou hoje a sociedade gestora do aeroporto.

© Francois Lenoir / Reuters

Na quarta-feira à tarde, a Brussels Airport tinha informado que o aeroporto internacional de Zaventem, fechado desde terça-feira de manhã após um ataque suicida no terminal de partidas, ia estar encerrado ao tráfego de passageiros pelo menos até sábado.

Ainda na quarta-feira, a empresa informou que os voos de carga e privados iam ser retomados.

"Os voos de passageiros de e para o aeroporto de Bruxelas estão suspensos até domingo, 27 de março, inclusive", escreveu a Brussels Airport na rede social Twitter.

"Existem muitos danos e não temos acesso ao edifício enquanto a investigação está em curso", acrescentou a sociedade gestora.

Ainda no Twitter, a empresa informou que começou a devolver as bagagens dos passageiros que estavam no aeroporto no dia do atentado suicida.

A Brussels Airport convidou ainda os utentes a entrarem em contacto com as respetivas companhias aéreas, tendo em conta o fim de semana da Páscoa, que marca o início de duas semanas de férias escolares na Bélgica.

O aeroporto de Zaventem começou a operar na década de 1940 e é um dos mais movimentados na Europa.

No ano passado, mais de 23 milhões de passageiros chegaram e partiram deste aeroporto, tornando-o o 21.º aeroporto mais movimentado na Europa. Cerca de 20 mil pessoas trabalham neste aeroporto.

Três explosões foram registadas na terça-feira em Bruxelas: duas no aeroporto internacional de Zaventem e uma na estação de metro de Maelbeek, junto às instituições europeias, no centro da capital belga.

Os atentados fizeram pelo menos 31 mortos e 300 feridos, dos quais 150 permanecem hospitalizados, incluindo 61 nos cuidados intensivos.

O grupo extremista Daesh reivindicou os ataques na capital belga.

Com Lusa

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.