sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Mais três detidos na investigação dos atentados em Bruxelas

Três pessoas foram hoje detidas em várias comunas de Bruxelas na sequência na investigação conduzida depois do atentado frustrado na cidade francesa de Argenteuil, adiantou o Ministério Público belga.

Alastair Grant

"Foram realizadas duas investigações no âmbito do caso de terrorismo ligado à detenção em Argenteuil em França de Reda Kriket", afirmou o Ministério Público belga num comunicado hoje emitido.

Na nota, as autoridades referem que estas três detenções ocorreram nas comunas de Forest, Saint-Gilles e Schaerbeek e acrescentam que os dois primeiros detidos foram identificados como Tawfik A. e Salah A., respetivamente, mas não identificam a terceira pessoa detida.

A polícia francesa tinha já adiantado que a operação que decorre nos subúrbios de Bruxelas, em Schaerbeek, estava relacionada com a investigação sobre a detenção de Reda Kriket, de 34 anos, em Paris, que tinha armas pesadas e explosivos no seu apartamento.

Kriket foi condenado no ano passado na Bélgica, juntamente com Abdelhamid Abaaoud, o suposto líder dos ataques a Paris em novembro do ano passado.

Na terça-feira, vários atentados terroristas no aeroporto de Zaventem e na estação de metropolitano de Maelbeek fizeram 31 mortos e cerca de 300 feridos na capital da Bélgica.

A comuna bruxelense de Schaerbeek tem sido uma das mais faladas nos últimos dias porque as autoridades têm repetido ações na zona na procura de pistas e suspeitos ligados aos atentados na capital belga e também em Paris, em novembro passado.

Lusa

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.