sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Polícia italiana detém suspeito no âmbito da investigação aos atentados em Bruxelas

A investigação ao ataque em Bruxelas prossegue para além das fronteiras belgas. Depois de detenções em França e na Alemanha, esta manhã as autoridades italianas divulgaram imagens que mostram a detenção de um homem com passaporte argelino.

As autoridades belgas, que emitiram um mandato de captura internacional, acreditam que o suspeito possa estar envolvido da produção de documentação falsa utilizada pelos bombistas nos atentados de Bruxelas e, também, de Paris.
O nome de Djamal Ouali, de 40 anos, terá sido encontrado em documentos encontrados durante as buscas realizadas num apartamento em Bruxelas, em Outubro do ano passado, ainda antes dos ataques.
A detenção aconteceu perto de Salerno, no sul de Itália e o suspeito poderá nos próximos dias ser extraditado para a Bélgica.

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo Expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por ter comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o jornal reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.