sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Ministério da Saúde belga diz que ainda há 47 feridos nos cuidados intensivos

O Ministério da Saúde belga informou hoje estarem ainda 87 pessoas hospitalizadas na Bélgica, das quais 47 nos cuidados intensivos, no âmbito dos atentados terroristas de dia 22 de março, em Bruxelas.

Estragos visíveis no aeroporto de Bruxelas.

Estragos visíveis no aeroporto de Bruxelas.

© Francois Lenoir / Reuters

Em comunicado, o ministério precisou ainda que, do total dos internados, 31 pessoas estão a receber cuidados especializados em unidades de queimados.

O balanço definitivo de 32 mortos foi divulgado uma semana depois das explosões registadas na estação de metropolitano de Maelbeek e no aeroporto de Zaventem, nas quais morreram três bombistas suicidas.

Pela parte do aeroporto foi anunciado que a estrutura continuará encerrada, pelo menos, até à tarde de quinta-feira, enquanto continua a avaliação do teste realizado na terça-feira às estruturas e à segurança.

O teste foi realizado voluntariamente por 800 funcionários do aeroporto, que deverá reabrir com estruturas provisórias e a 20% da sua capacidade, ou seja a receber entre 800 a 1.000 passageiros por hora.

Também permanece o pré-aviso de greve da polícia aeroportuária de Zaventem, depois da reunião inconclusiva de hoje, estando previsto um novo encontro de concertação para quinta-feira.

Ainda antes dos ataques, os sindicatos tinham reivindicado, nomeadamente, maiores condições de segurança, como o controlo de passageiros à entrada da zona de registo.

Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • Sol e calor ficam para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10