sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Hotéis de Bruxelas com quebras superiores a 50% na taxa de ocupação

A taxa de ocupação nos hotéis de Bruxelas, depois dos atentados do passado dia 22, baixaram mais de 50%, informou hoje a associação de hotelaria local, que solicitou a rápida adoção de medidas devido a um provável "desastre social".

"The Hotel", em Bruxelas.

"The Hotel", em Bruxelas.

© Francois Lenoir / Reuters

Em declarações à agência noticiosa Belga, o porta-voz da associação, Rodolphe Van Weyenbergh, referiu a diminuição em mais de metade da taxa de ocupação entre o dia 22 e a segunda-feira de Páscoa, que é feriado na Bélgica.

"A 28 de março, a taxa de ocupação nos hotéis era de 18%, como nunca visto", indicou o responsável, lembrando as perdas já suportadas pelo setor em novembro, depois da subida do nível de alerta na sequência dos atentados de Paris.

Não esquecendo o período de recolhimento que ainda se vive no país, Van Weyenbergh sublinhou a responsabilidade da associação para com os trabalhadores e instou as autoridades a adotarem rapidamente medidas para evitar a "perda de milhares de postos de trabalho".

A associação solicita um acesso facilitado e pleno ao subsídio de desemprego e a supressão temporária do imposto de Turismo, considerado, pelo setor, como um dos mais altos no mundo.

Reivindicadas pelos extremistas do Estado Islâmico e perpetradas por três bombistas suicidas, as explosões no aeroporto de Zaventem e na estação de metropolitano de Maelbeek provocaram 32 mortos e 340 feridos.

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.