sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Polícia belga deteve mais um dos suspeitos dos atentados de 22 de março

A polícia belga anunciou hoje a detenção de um homem, Osama K., que pode ser a pessoa que esteve em contacto com o homem que se fez explodir no metro de Bruxelas a 22 de março.

Alastair Grant

A polícia belga anunciou que além de Mohamed Abrini, um dos suspeitos-chave dos atentados de Paris, deteve mais quatro pessoas.

Mohamed Abrini foi interpelado hoje à tarde juntamente com mais duas pessoas.

Além da sual ligação a Salah Abdeslam, um dos principais suspeitos dos ataques de 13 de novembro em Paris, os investigadores questionam-se se Mohamed Abrini será o terceiro suspeito, "o homem de chapéu" dos atentados à bomba no aeroporto internacional de Bruxelas (Zaventem), a 22 de março último.

Algumas horas depois de ter detido Abrini, a polícia belga capturou mais duas pessoas. Um dos detidos é Osama K. que a polícia suspeita ter estado em contacto com o homem que se fez explodir no metro de Bruxelas.

Mohamed Abrini, um belga de origem marroquina, foi visto numa estação de serviço a norte de Paris dois dias antes dos atentados de 13 de novembro com Salah Abdeslam, que conduziu um dos veículos usados nos atentados de 13 de novembro em Paris.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.