sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Acusados mais dois suspeitos de ligações aos atentados de Bruxelas

O Ministério Público belga anunciou hoje que deduziu acusação contra duas novas pessoas no âmbito da investigação dos atentados terroristas de 22 de março, em Bruxelas.

Os atentados de Bruxelas fizeram mais de 30 mortos e cerca de 300 feridos.

Os atentados de Bruxelas fizeram mais de 30 mortos e cerca de 300 feridos.

© POOL New / Reuters

Os dois homens são acusados de "participação em atividades de um grupo terrorista, assassínios terroristas e tentativas de assassínios terroristas, como autor, coautor ou cúmplice", suspeitos de terem ligação com uma célula jihadista de Bruxelas.

Samïl F., nascido em 1984, e Ibrahim F., em 1988, "estarão ligados ao aluguer do apartamento da 'rue des Casernes', em Etterbeek", uma comuna de Bruxelas, explicou o Ministério Público.

O apartamento alugado, que servia de esconderijo aos elementos de uma célula terrorista, foi alvo de buscas no sábado no âmbito de uma operação de grande envergadura e na presença massiva de forças de segurança.

O resultado da operação revelou-se, no entanto, "negativo", segundo uma comunicação anterior do Ministério Público belga.

De acordo com a televisão belga RTBF, o esconderijo serviu, no dia 22 de março, de ponto de partida para as atividades de Khalid El Bakraoui, o bombista-suicida da estação de metro de Maelbeek, acompanhado por Osama Krayem, que foi detido e acusado no fim de semana pelo Ministério Público belga.

"A investigação prossegue ativamente, dia e noite", sublinhou o Ministério Público belga.

Os atentados de Bruxelas fizeram mais de 30 mortos e cerca de 300 feridos.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.