sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Estação de metro de Maelbeek reabre um mês após ataque

A estação de metro de Maelbeek, cenário de um dos atentados terroristas de 22 de março passado em Bruxelas, vai reabrir na próxima segunda-feira, anunciou hoje a empresa gestora dos transportes públicos da capital belga.

© Yves Herman / Reuters

"Todas as condições estão tecnicamente reunidas para permitir de novo o acolhimento de passageiros e retomar a exploração da estação", anunciou hoje a STIB, precisamente no dia em que se completa um mês sobre os atentados que atingiram Bruxelas, causando 32 mortos (16 dos quais na estação de Maelbeek) e mais de três centenas de feridos.

As obras de reconstrução da estação, avaliadas em cerca de 100 mil euros, decorreram ao longo do último mês e só terminam hoje à noite, indicou a STIB, acrescentando que foi instalado um "muro de memória" no átrio da estação, onde as pessoas poderão prestar homenagem às vítimas.

A empresa que explora a rede de transportes públicos da capital belga anunciou ainda que está já em curso um projeto de uma obra de arte para assinalar a tragédia, que deverá estar pronta no verão, e que foi confiada ao artista Benoît van Innis, o mesmo autor das obras em azulejo que decoravam a estação de Maelbeek, e que também sofreram danos.

A 22 de março passado, às 09:11 (08:11 de Lisboa), cerca de uma hora depois do duplo atentado suicida no aeroporto internacional de Bruxelas-Zaventem, um outro "jihadista" fez-se explodir numa carruagem de metro na estação de Maelbeek, provocando 16 mortos e dezenas de feridos.

Lusa

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.