sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Primo de autores dos ataques de Bruxelas quer entrar em França proveniente da Síria

A polícia francesa suspeita que o jihadista belga Oussama Atar, primo de dois dos autores dos atentados de Bruxelas de 22 de março, os irmãos Bakraoui, esteja a tentar entrar em França proveniente da Síria.

7sur7.be

O jornal Le Parisien noticiou hoje que uma mensagem nesse sentido foi comunicada à polícia francesa, com a advertência de que se trata de "um combatente estrangeiro perigoso e armado" e que pode tentar chegar a França através da Albânia.

Atar é conhecido das forças de segurança, havendo informações de que tenha estado regularmente na Síria e no Iraque desde 2002.

Oussama Atar foi detido em 2005 na cidade iraquiana de Ramadi pelas forças norte-americanas, que o acusaram de combater contra a coligação internacional. Condenado a 10 anos de prisão, cumpriu parte da pena no Iraque, na prisão de Bucca, onde esteve com o líder do grupo extremista Daesh, Abu Bakr al-Bagdadi.

O jihadista conseguiu voltar à Bélgica em 2012 e, em 2013, foi detido por tentar juntar-se a um grupo jihadista em Tunes.

As autoridades perderam-lhe o rasto desde então.

Atar, 32 anos, é primo dos irmãos Ibrahim e Khalid El Bakraoui, dois dos bombistas suicidas dos atentados que visaram o aeroporto e o metro de Bruxelas.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22