sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Primo de autores dos ataques de Bruxelas quer entrar em França proveniente da Síria

A polícia francesa suspeita que o jihadista belga Oussama Atar, primo de dois dos autores dos atentados de Bruxelas de 22 de março, os irmãos Bakraoui, esteja a tentar entrar em França proveniente da Síria.

7sur7.be

O jornal Le Parisien noticiou hoje que uma mensagem nesse sentido foi comunicada à polícia francesa, com a advertência de que se trata de "um combatente estrangeiro perigoso e armado" e que pode tentar chegar a França através da Albânia.

Atar é conhecido das forças de segurança, havendo informações de que tenha estado regularmente na Síria e no Iraque desde 2002.

Oussama Atar foi detido em 2005 na cidade iraquiana de Ramadi pelas forças norte-americanas, que o acusaram de combater contra a coligação internacional. Condenado a 10 anos de prisão, cumpriu parte da pena no Iraque, na prisão de Bucca, onde esteve com o líder do grupo extremista Daesh, Abu Bakr al-Bagdadi.

O jihadista conseguiu voltar à Bélgica em 2012 e, em 2013, foi detido por tentar juntar-se a um grupo jihadista em Tunes.

As autoridades perderam-lhe o rasto desde então.

Atar, 32 anos, é primo dos irmãos Ibrahim e Khalid El Bakraoui, dois dos bombistas suicidas dos atentados que visaram o aeroporto e o metro de Bruxelas.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.