sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Mais de 500 polícias pediram ajuda psicológica depois dos atentados de Bruxelas

Mais de 500 polícias pediram ajuda psicológica depois dos atentados de 22 de março em Bruxelas, que fizeram 32 vítimas mortais, informa a cadeia de rádio e televisão RTBF na sua página na Internet.

O ministro do Interior belga, Jan Jambon, indicou que 520 agentes recorreram aos serviços de apoio psicológico da polícia federal depois dos ataques no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maelbeek.

"Trata-se sobretudo de pedidos em grupo das unidades para os elementos do pessoal que atuaram no aeroporto ou na estação de metro de Maelbeelk", esclareceu o ministro em resposta a uma questão parlamentar escrita, citada pela RTBF.

Mais de quatro meses depois dos atentados, os oficiais da polícia continuam a poder solicitar este apoio psicológico.

Jambon refere, no entanto, que das 520 pessoas que pediram ajuda até agora apenas uma parte continua a receber tratamento.

Os atentados na capital belga foram reivindicados pelo grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

Lusa

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.