sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Bruxelas perdeu 40% dos turistas em julho depois dos ataques terroristas

Bruxelas mantém-se no 3º nível /numa escala de quatro) de alerta terrorista

© Francois Lenoir / Reuters

Os museus e atrações turísticas de Bruxelas perderam 40% dos visitantes estrangeiros em julho, comparativamente ao mesmo mês de 2015, depois dos atentados terroristas de março, indicou hoje a associação local Attractions&Tourisme.

Em contrapartida, a associação indicou à agência noticiosa espanhola Efe que o decréscimo foi compensado por um ligeiro aumento dos visitantes nacionais à capital.

Segundo dados da comunicação social belga, a Attractions&Tourisme, associação profissional de atrações turísticas e museus da Federação Valónia-Bruxelas afirmou que, apesar do decréscimo de visitantes estrangeiros, as perdas económicas não foram além dos 25% devido ao turismo interno.

De 27 de junho a 24 de julho, os hotéis de Bruxelas registaram uma taxa de ocupação de 62%, cerca de 18% menos que no mesmo período em 2015, de acordo com números provisórios da agência de turismo de Bruxelas.

Depois dos atentados de 22 de março no aeroporto e metro da capital belga, que causaram 32 mortos, a reserva de hospedagem teve um colapso de cerca de 50%, indica o organismo.

"O turismo de negócios quase já recuperou a sua velocidade de cruzeiro, mas as estadas são mais curtas", explica o presidente da federação de hotelaria de Bruxelas, Yvan Roque, que adiantou que o turismo de lazer não voltou aos níveis anteriores aos atentados.

A 22 de março, três bombistas suicidas causaram as explosões no aeroporto de Zaventem e na estação de metropolitano de Maelbek, de que resultaram 32 mortos e 340 feridos.

Os ataques foram reivindicados pelo Daesh.

Com Lusa

  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o "radicalismo" do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, foi a vez de Passos afirmar que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma "força do mal".

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.

  • Panorama BBC revela e analisa documentos dos Paradise Papers
    2:22

    Mundo

    Depois dos Panama Papers chegaram os Paradise Papers, documentos revelados e analisados por dezenas de órgãos de imprensa mundial. Esta noite, na SIC Notícias, o Panorama BBC revela e analisa documentos relacionados com este processo.

    Hoje na SIC Notícias