sicnot

Perfil

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festival Marés Vivas de 2016 realiza-se a 14,15 e 16 de julho em Gaia

A edição de 2016 do Festival Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, realiza-se a 14, 15 e 16 de julho, anunciou hoje o diretor da PEV Entertainment, responsável pela organização.

JOSE COELHO

"Ainda não temos nomes de artistas, mas estamos em negociações e, muito em breve, haverá grandes novidades", disse Jorge Lopes.

Este ano, Jorge Lopes revelou que houve lotação completamente esgotada nos três dias, totalizando cerca de 90 mil pessoas, tendo sido uma "marca histórica".

"Foi a edição mais incrível de sempre, com concertos espetaculares e com uma enorme afluência de pessoas, portanto, o balanço foi mais do que positivo, foi ótimo", frisou.

O diretor lembrou que o espaço do festival, que se realiza na Praia do Cabedelo, em Gaia, Porto, é já pequeno há alguns anos para a "enorme procura" que existe sendo, por isso, o objetivo crescer.

"Este ano, aumentamos a lotação do espaço com a colocação de uma bancada junto ao palco principal, conseguindo passar de uma lotação de 25 mil pessoas por dia para 30 mil", salientou.

Para o próximo ano, Jorge Lopes garantiu "mais surpresas".

O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, disse hoje à Lusa que o festival foi "extraordinário" pela qualidade dos músicos e bandas que compuseram o cartaz, assim como pela adesão do público que, este ano, bateu recordes.

"O festival traz inúmeras mais-valias não só para Vila Nova de Gaia, mas para a região norte porque a projeta, atraí turistas e cria negócio", frisou.

Durante estes três dias, Eduardo Vítor Rodrigues realçou que a restauração e hotelaria beneficiaram com este "imenso movimento", assim como o comércio.

O espaço é pequeno para a dimensão que o festival já tem, mas é "idílico" e um fator de sucesso, realçou.

O Festival Marés Vivas 2015, que começou na quinta-feira e terminou sábado, contou com Lenny Kravitz, John Legend, John Newman, The Script, Jamie Cullum e os portugueses Blind Zero, Buraka Som Sistema, The Black Mamba, Ana Moura, Richie Campbell, Kika e Miguel Araújo.

Lusa