sicnot

Perfil

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festivais de Verão

M83, primeiro nome anunciado para o festival Nos Alive 2016

Os M83, projeto do músico francês Anthony Gonzalez, vão atuar a 9 de julho no festival Nos Alive, em Algés, sendo o primeiro nome anunciado do cartaz de 2016, revelou hoje a organização.

M83, projeto do músico francês Anthony Gonzalez (Arquivo)

M83, projeto do músico francês Anthony Gonzalez (Arquivo)

© Denis Balibouse / Reuters

A décima edição do festival decorrerá de 7 a 9 de julho, no Passeio Marítimo de Algés.

Este será um regresso de M83 a Portugal, mas uma estreia naquele festival. Atualmente o músico está a preparar o sétimo álbum, sucessor do duplo "Hurry up, we're dreamin", de 2011, já apresentado ao vivo para o público português.

Os M83 foram fundados em 2001 por Anthony Gonzalez e Nicolas Fromageau, tendo editado os álbuns "M83" (2001) e "Dead Cities, Red Seas & Lost Ghosts" (2003). Com a saída de Nicolas Fromageau, apenas ficou Gonzalez a assumir a composição e produção dos discos. O grupo lançou seis álbuns e assinou a banda sonora para dois filmes.

Além do Alive, para 2016 foram já anunciadas as datas de vários festivais de música, nomeadamente o Rock in Rio Lisboa (20, 21, 26, 27 e 28 de maio), Nos Primavera Sound (de 09 a 11 de junho, Porto), Sumol Summer Fest (24 e 25 de junho, Ericeira), Meo Marés Vivas (14 a 16 de julho, Gaia), Super Bock Super Rock (14 a 16 de julho, Lisboa), Vodafone Paredes de Coura (de 17 a 20 de agosto) e o Boom Festival (de 11 a 18 de agosto, Idanha-a-Nova).


Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.