sicnot

Perfil

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festivais de Verão

Festival Meo Sudoeste já com metade dos bilhetes vendidos

O festival Meo Sudoeste, em agosto, na Zambujeira do Mar, é "uma experiência para estar com os amigos" e, por isso, é que metade dos bilhetes já estão vendidos, a maioria passes gerais, disse à Lusa o promotor Luís Montez.

TIAGO CANHOTO

A 20.ª edição do festival, marcada de 03 a 07 de agosto, foi hoje apresentada em Lisboa, com a organização a destacar alguns dos artistas do cartaz - como Wiz Khalifa, Sia, Seu Jorge e os DJ Steve Aoki e Martin Garrix -, mas também a dar importância a tudo o resto que compõe o evento, como, por exemplo e pela primeira vez, cinema ao livre.

Quase duas décadas depois, o Sudoeste já não é só um festival de música. Na conferência de imprensa, a organização falou nas melhorias feitas no recinto, com cerca de 200 hectares, para os milhares de espectadores que acampam próximo dos palcos.

No recinto, haverá serviço de lavandaria, cozinha comunitária, parceria com uma cadeia de hipermercados e com o Banco Alimentar, para evitar desperdícios, rede de Internet gratuita e pontos de carregamentos de telemóveis.

"Quisemos criar uma identidade própria, mas uma coisa se mantém: é o espírito da tribo, de vir um grupo de amigos. É um festival comunitário. Ninguém vai sozinho para o festival", afirmou Luís Montez à Lusa.

O espectador do Sudoeste tem entre 17 e 25 anos e é, sobretudo, estudante universitário. "Estamos focados para a malta nova, que esteve o ano inteiro a levar com os professores, com os pais, com os patrões e que agora quer uma semana de liberdade, a fazer o que lhe apetece, com os amigos, junto à praia e com boa música", disse Luís Montez.

Jwana Godinho, responsável pelo cartaz, afirmou que "houve uma grande evolução do estilo musical" do festival, que conta hoje com muito mais artistas das múltiplas ramificações da música eletrónica e que têm grande popularidade nas rádios e, sobretudo, na Internet.

Por dia são esperados entre 35 e 40 mil pessoas, para ver artistas como Damian Marley, Seu Jorge, C4Pedro, James Morrison, Steve Angello e muitos nomes portugueses, como ÁTOA, Jimmy P, Virgul, Kura, Slow J, Nerve, Deau, João Pedro Pais e NBC, repartidos por três palcos.

Haverá ainda um quarto e novo palco, cuja programação não foi anunciada.

Toda a programação e condições de acesso ao festival estão disponíveis em www.meosudoeste.pt

Lusa

  • Marcar cedo e resistir (ou como Portugal venceu Marrocos)

    Mundial 2018 / Portugal

    A seleção nacional alcançou hoje a primeira vitória no Mundial 2018, frente a Marrocos, em Moscovo. Cristiano Ronaldo (outra vez) marcou logo aos quatro minutos. Depois, Portugal pouco mais fez senão aguentar as investidas dos marroquinos, que ficam desde já afastados dos oitavos de final.

  • Fernando Santos dá um puxão de orelhas à equipa
    1:57
  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • Ronaldo, o motivador
    3:23
  • Os "memes" do desempenho de Cristiano Ronaldo frente a Marrocos
    1:25
  • Cristiano Ronaldo: o melhor do jogo, o melhor do Mundial, o melhor do mundo

    Mundial 2018 / Portugal

    Apesar da prestação de Rui Patrício na defesa da baliza lusa, Cristiano Ronaldo foi eleito o homem do jogo, pela segunda vez consecutiva, depois de marcar o golo que deu a vitória a Portugal frente a Marrocos. O capitão português ofereceu à equipa os três pontos essenciais para a eventual passagem aos oitavos de final. Mas Ronaldo não fica por aqui. Contas feitas, CR7 é o melhor marcador do Mundial (4 golos em 2 jogos) e já marcou 85 golos por Portugal, feito nunca antes alcançado nem por Eusébio nem por Pauleta. No auge dos 33 anos, há quem diga que Ronaldo "é como o vinho do Porto". Será que ainda vai chegar à marca dos 100? Parece que, para o CR7, nada é impossível.

  • Parecia que Rui Patrício tinha cola nas luvas
    5:40
  • Os momentos descontraídos dos jogadores que estão no Mundial
    1:54
  • Selecionador de Marrocos queixa-se da arbitragem
    1:41
  • Georgina Rodriguez assistiu ao jogo de Portugal e acenou a Ronaldo
    1:05
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49