sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

"Dia triste para futebol", diz candidato à liderança da FIFA

 O jordano Ali bin al Hussein, candidato à presidência da FIFA, disse que hoje é um dia triste para o futebol, depois de seis dirigentes do organismo terem sido detidos em Zurique.

© Muhammad Hamed / Reuters

"Hoje é um dia triste para o futebol. Claramente esta é uma história em desenvolvimento, cujos detalhes ainda estão a aparecer. Não é apropriado fazer mais comentários neste momento", disse o príncipe jordano, que é também vice-presidente da FIFA.

Nas eleições marcadas para sexta-feira, Ali bin al Hussein é o único oponente do atual presidente da FIFA, o suíço Joseph Blatter, depois das desistências do português Luís Figo e do holandês Michael van Praag.

O Ministério da Justiça e a polícia da Suíça confirmaram hoje a detenção, por acusações de corrupção, de seis dirigentes da FIFA, em Zurique, quando se encontravam num hotel na cidade.

As autoridades helvéticas indicaram que se prevê a sua extradição para os Estados Unidos, onde as autoridades de Nova Iorque os investigam por terem, alegadamente, aceitado subornos desde o início dos anos 1990.


  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.