sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Ex-dirigente da FIFA ficou milionário após entrar no mundo do futebol

Ex-dirigente da FIFA ficou milionário após entrar no mundo do futebol

A justiça norte-americana investiga os negócios da FIFA há pelo menos quatro anos. No centro do processo, estão as informações dadas por Chuck Blazer, um ex-dirigente da FIFA, que ficou milionário depois de entrar no mundo do futebol.

  • Blatter diz que é preciso restabelecer a confiança na FIFA
    1:49

    Desporto

    Joseph Blatter não se demite e continua na corrida às eleições de amanhã para a presidência da FIFA. O candidato ao quinto mandato na liderança do orgão máximo do futebol diz que as notícias sobre corrupção são uma vergonha e humilhação para o futebol. Na abertura do congresso da FIFA, Blatter disse que é preciso restabelecer a confiança que foi perdida.

  • Romário defende a prisão de Joseph Blatter
    0:35

    Corrupção na FIFA

    José Maria Marín, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol, foi um dos detidos no escândalo de corrupção que abala a FIFA. A Confederação já retirou o nome do antigo líder da fachada da sede no Rio de Janeiro. Romário é um dos maiores críticos de Marín. O agora senador e antiga estrela do futebol brasileiro elogia a atuação das autoridades suíças e defende a prisão de Joseph Blatter.

  • Blatter proibido de deixar a Suíça
    2:01

    Corrupção na FIFA

    Joseph Blatter está proibido de deixar a Suíça. O presidente da FIFA não pode sair do país enquanto não for ouvido pelas autoridades, no âmbito da investigação que já levou à detenção de dirigentes da instituição que gere o futebol mundial. Esta quinta-feira, na abertura do congresso em que se recandidata à presidência, Blatter fez saber que não se demite.

  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos. Depois de um curso intensivo de português durante três meses, os jovens vão iniciar o ano letivo em vários pontos do país.