sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

FBI estará a investigar Joseph Blatter

Joseph Blatter está no centro de uma investigação do FBI, no âmbito do escândalo de corrupção que abala da FIFA, noticiaram hoje órgãos de comunicação social norte-americanos, após o pedido de demissão apresentado pelo ainda presidente do organismo.

© Hannibal Hanschke / Reuters

Citando fontes das autoridades e outras ligadas ao inquérito, o New York Times e a cadeia de televisão ABC News noticiaram que Blatter está a ser investigado pela polícia federal norte-americana e pelo Departamento de Justiça norte-americano no âmbito do escândalo de corrupção conhecido na semana passada.

O New York Times escreve mesmo que as autoridades norte-americanas esperam poder contar com a cooperação de alguns dos responsáveis da FIFA formalmente acusados na semana passada.

Blatter, que hoje anunciou a sua renúncia à presidência da organização de cúpula do futebol mundial, foi reeleito a 29 de maio para um quinto mandato como presidente da FIFA, até 2018, ao vencer o jordano Ali bin al Hussein.

A reeleição de Blatter aconteceu, no entanto, num momento conturbado da vida da organização, depois de o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ter indiciado nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

A investigação foi conhecida a 27 de maio, horas depois de o Ministério da Justiça e a polícia da Suíça terem detido sete dirigentes da FIFA num hotel de Zurique.


  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • Trump remarca encontro com Kim Jong-un no Twitter
    2:33

    Mundo

    A Coreia do Sul e a Coreia do Norte reuniram-se pela segunda vez em menos de um mês. Os Presidentes dos dois países dizem que estão a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, em Singapura, seja um sucesso. Donald Trump regressou ao Twitter para remarcar a cimeira a 12 de junho.