sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

FIFA bane responsável de avaliação dos Mundiais de 2018 e 2022 por sete anos

O Comité de ética da FIFA decidiu esta segunda-feira banir por sete anos o ex-chefe da comissão de avaliação dos campeonatos do mundo de futebol de 2018 e 2022 Harold Mayne-Nicholls, devido a violações de confidencialidade.

Harold Mayne-Nicholls foi banido devido a violações de confidencialidade. (Arquivo)

Harold Mayne-Nicholls foi banido devido a violações de confidencialidade. (Arquivo)

Luis Hidalgo / AP

Segundo informa o organismo que tutela o futebol mundial, o dirigente chileno está "proibido de exercer qualquer tipo de atividade relacionada com o futebol, quer a nível nacional, quer a nível internacional, por um período de sete anos".

No comunicado, a FIFA não revela detalhes sobre o motivo da punição, adiantando apenas que o motivo é violação de confidencialidade.

Lusa

  • Suspeito de atropelamento mortal na Luz confessou que esteve no local
    0:45
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor