sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Blatter defendeu a reputação da FIFA e afirmou que está "limpo"

O presidente demissionário da FIFA, Joseph Blatter, defendeu hoje a reputação do órgão que rege o futebol mundial e afirmou que está "limpo", negando todas as acusações de corrupção.

Tsafrir Abayov

Blatter, que foi reeleito em maio, vai deixar o cargo em fevereiro de 2016, enquanto é alvo de duas investigações criminais relativas a suspeitas de suborno e corrupção na FIFA.

O suíço, de 79 anos, afirmou não ter feito nada de errado e que a FIFA tem sido derrubada por ações de indivíduos desonestos.

"Eu sei o que fiz, o que não fiz, eu tenho a minha consciência e sei que sou um homem honesto. Estou limpo. Não sou um homem preocupado", disse Blatter à estação televisiva britânica BBC.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.