sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Blatter defendeu a reputação da FIFA e afirmou que está "limpo"

O presidente demissionário da FIFA, Joseph Blatter, defendeu hoje a reputação do órgão que rege o futebol mundial e afirmou que está "limpo", negando todas as acusações de corrupção.

Tsafrir Abayov

Blatter, que foi reeleito em maio, vai deixar o cargo em fevereiro de 2016, enquanto é alvo de duas investigações criminais relativas a suspeitas de suborno e corrupção na FIFA.

O suíço, de 79 anos, afirmou não ter feito nada de errado e que a FIFA tem sido derrubada por ações de indivíduos desonestos.

"Eu sei o que fiz, o que não fiz, eu tenho a minha consciência e sei que sou um homem honesto. Estou limpo. Não sou um homem preocupado", disse Blatter à estação televisiva britânica BBC.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49