sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Chung Mong-Joon acusa Blatter de tentar forçá-lo a desistir da corrida à FIFA

O sul-coreano Chung Mong-Joon, um dos candidatos à presidência da FIFA, acusou esta terça-feira Joseph Blatter, presidente demissionário do organismo, de recorrer ao Comité de Ética para o tentar forçar a desistir da candidatura.

Chung Mong-Joon, que negou ter cometido qualquer irregularidade, acusou o Comité de Ética de "nunca agir contra Blatter, mas apenas contra aqueles que o atacam". (Arquivo)

Chung Mong-Joon, que negou ter cometido qualquer irregularidade, acusou o Comité de Ética de "nunca agir contra Blatter, mas apenas contra aqueles que o atacam". (Arquivo)

© Kim Hong-Ji / Reuters

O antigo vice-presidente da FIFA diz-se vítima de um "inquérito injusto" que visa aplicar uma suspensão que pode ir até aos 19 anos por negociação de votos na atribuição das sedes para as edições de 2018 (Rússia) e 2022 (Qatar) do Mundial.

Chung Mong-Joon, que negou ter cometido qualquer irregularidade, acusou o Comité de Ética de "nunca agir contra Blatter, mas apenas contra aqueles que o atacam".

O sul-coreano, proprietário da Hyundai, anunciou em julho a intenção de se candidatar à presidência do organismo, nas eleições agendadas para 26 de fevereiro.

Além de Mong-Joon, são também candidatos à presidência da FIFA Michel Platini, presidente da UEFA, o príncipe jordano Ali bin Al Hussein e o ex-futebolista brasileiro Zico.

Lusa

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.