sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Sul-coreano Chung Mong-Joon vai processar Blatter por desvio de fundos

O sul-coreano Chung Mong-Joon, candidato à presidência da FIFA, anunciou hoje a intenção de processar, por desvio de fundos, o atual presidente do organismo, Joseph Blatter, a quem chamou "hipócrita e mentiroso".

Ahn Young-joon

"Tenciono processar Blatter por desvio de fundos", disse Chung Mong-Joon, antigo vice-presidente da FIFA e membro da família proprietária da Hyundai, durante uma convenção de dirigentes desportivos, em Londres.

O sul-coreano acusa Blatter, que está a ser investigado pelas autoridades suíças, de gestão "opaca" e de ter interferido nas eleições para as diferentes confederações.

Na terça-feira, Chung Mong-Joon acusou Joseph Blatter de recorrer ao Comité de Ética para o tentar forçar a desistir da candidatura, através de um "inquérito injusto" que visa aplicar uma suspensão que pode ir até aos 19 anos.

Além de Mong-Joon, são também candidatos à presidência da FIFA Michel Platini, presidente da UEFA, o príncipe jordano Ali bin Al Hussein e o ex-futebolista brasileiro Zico.

Lusa

  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.