sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Procuradoria de Frankfurt suspeita de corrupção na atribuição do Mundial2006

A Procuradoria de Frankfurt informou hoje que está a estudar a possibilidade de abrir um inquérito para apurar se houve compra de votos no processo de atribuição da organização do Mundial de futebol de 2006 à Alemanha.

© Fabrizio Bensch / Reuters

"Podemos estar perante um caso de corrupção, fraude ou desvio de fundos. Ainda não abrimos um inquérito, mas fá-lo-emos se as suspeitas se confirmarem", informou a procuradora-geral da capital financeira alemã, Nadja Niesen.

O semanário alemão Der Spiegel noticiou na sexta-feira que o comité de candidatura alemã à organização do Campeonato do Mundo de 2006 dispunha de um 'saco azul' com o qual comprou o voto de quatro delegados asiáticos da FIFA.

A Alemanha ganhou o direito a organizar a principal competição futebolística mundial em julho de 2000, depois de ter recebido 12 votos favoráveis, contra 11 da África do Sul -- que organizou a edição seguinte, em 2010 -- e uma abstenção.

A Federação Alemã de Futebol negou que a notícia do Der Spiegel tenha fundamento, qualificando-a de "insustentável", por considerar que não está apoiada em factos.

Lusa

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.