sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Jack Warner nega ter tido qualquer acordo com Beckenbauer

O antigo vice-presidente da FIFA Jack Warner, de Trindade e Tobago, negou hoje qualquer acordo com o Comité de organização do Mundial2006 de futebol, dirigido por Franz Beckenbauer.

© Andrea De Silva / Reuters

"Nunca tive um acordo com ninguém do Comité de organização do Mundial de 2006", salientou Jack Warner, num email enviado ao canal televisivo alemão Sport1, um dia depois de a Federação alemã (DFB) ter falado num acordo.

O antigo presidente da Federação de Trindade e Tobago e da CONCACAF adiantou que não quer falar dos anos na FIFA, nem participar "no circo mediático" para o "humilhar e vilipendiar".

Na terça-feira, Rainer Koch, presidente interino da DFB na sequência da demissão de Wolfgang Niersbach, fez saber que existia um acordo entre Beckenbauer e Jack Warner.

Segundo o responsável, o acordo "prometia diversos serviços, mas não benefícios financeiros diretos" e que nada indica que isso tenha influenciado o voto de Jack Warner, suspenso do futebol desde setembro.

Já hoje, o jornal Bild indica, com base em dossiers do FBI, que Warner teria uma conta secreta num banco, intitulada 'LOC Germany Limited', sendo LOC a abreviatura de comité de organização local.

O ex-responsável da FIFA faz parte do grupo de dirigentes e ex-dirigentes acusados pela justiça de terem cobrado subornos num valor de cerca de 150 milhões de dólares (cerca de 137 milhões de euros) desde o início dos anos 90.

Atualmente detido na Suíça, Warner, de 72 anos, enfrenta um pedido de extradição feito pelas autoridades dos Estados Unidos, onde pendem sobre ele 12 acusações de fraude, crime organizado e branqueamento de capitais relacionadas com o escândalo de corrupção que abala a FIFA.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.