sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Platini vai recorrer para o TAS e acusa Comité de Ética de falta de isenção

O presidente suspenso da UEFA, o francês Michel Platini, acusou hoje o Comité de Apelo da FIFA de falta de isenção, no dia em que foi rejeitado o seu recurso, e revelou que irá recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Maxim Shemetov / Reuters

Platini acusa o Comité de ser um órgão "de acusação da FIFA", pela "via das suas instâncias internas", e recorrerá para o TAS, o qual considera "independente e sério", segundo informaram hoje os seus advogados, numa nota enviada à AFP.

De acordo com os mesmos, a FIFA "organiza -- e ninguém o tenta esconder -- uma estratégia deliberada e inadmissível de atraso da campanha de Michel Platini para a presidência" do organismo.

Os advogados de Platini reiteram agora a "confiança no TAS para reestabelecer todos os [seus] direitos".

Hoje, o Comité de Apelo da FIFA, presidido por Larry Mussenden, rejeitou os recursos de Joseph Blatter e Michel Platini e confirmou, na totalidade, as suspensões de 90 dias impostas pelo Comité de Ética do organismo do futebol mundial.

"O Comité de apelo da FIFA rejeita o recurso, na totalidade, e confirma a integridade da decisão respeitante a medidas provisórias tomadas pelo Comité de Ética a 07 de outubro de 2015", começa por referir, em comunicado, a FIFA em relação a Joseph Blatter.

Em relação a Platini, o Comité de Apelo salienta igualmente a rejeição do recurso apresentado, da decisão tomada a 07 de outubro e confirmada, posteriormente, a 20, depois de ter sido ouvida a parte interessada.

Esta decisão surge após os recursos apresentados pelo presidente demissionário da FIFA e pelo francês Michel Platini, da UEFA, que foram suspensos provisoriamente por 90 dias, em consequência do escândalo de corrupção na instituição.

Na ocasião, o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke, também foi suspenso provisoriamente por 90 dias.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.