sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Platini entregou no TAS recurso da suspensão de 90 dias

O presidente suspenso da UEFA, o francês Michel Platini, entregou hoje oficialmente no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) o recurso à suspensão de 90 dias aplicada pelo Comité de Ética da FIFA a 08 de outubro.

Claude Paris

"O recurso de Michel Platini visa anular a decisão da FIFA e, consequentemente, o levantamento imediato da suspensão de 90 dias", referem em comunicado os advogados de Michel Platini.

Na quarta-feira, o Comité de Apelo da FIFA recusou um recurso que Michel Platini tinha apresentado a 10 de outubro, tendo na altura sido acusado pelo dirigente francês de falta de isenção.

O Comité de Apelo da FIFA implica Michel Platini no recebimento de 1,8 milhões de euros em 2011, do presidente da FIFA, Joseph Blater, igualmente suspenso por 90 dias pelo Comité de Ética, por alegados serviços de aconselhamento.

O antigo internacional francês Michel Platini, de 60 anos, está suspenso de toda a atividade ligada ao futebol até 05 de janeiro de 2016 e o seu processo de candidatura à presidência da FIFA, que terá eleições a 26 de fevereiro, encontra-se em suspenso.

Concorrem à presidência da FIFA o suíço Gianni Infantino, braço direito de Platini e secretário-geral da UEFA, o francês Jérôme Champagne, o jordano Ali Bin Al Hussein, Salman bin Ebrahim Al Khalifa, do Kuwait, e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Michel Platini foi suspenso provisoriamente por 90 dias pelo Comité de Ética da FIFA a 08 de outubro deste ano, por implicação no escândalo de corrupção que atinge a instituição, tal como o presidente demissionário do organismo, o suíço Joseph Blatter, o secretário-geral, o francês Jérôme Valcke.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14
  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22