sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Investigadores da FIFA pedem sanções contra Blatter e Platini

O departamento de investigação da comissão de ética da FIFA anunciou hoje ter "pedido sanções" contra o presidente demissionário da organização, Joseph Blatter, e Michel Platini, um dos seis candidatos à sucessão.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Arnd Wiegmann / Reuters

Anunciando ter terminado a instrução dos processos contra Blatter e Platini, ambos suspensos provisoriamente pelo período de 90 dias, e alertando para a "presunção de inocência", o departamento de investigação da comissão de ética da FIFA não especificou que tipo de sanções requereu para serem aplicadas contra os dois responsáveis nos relatórios finais que entregou ao departamento de julgamento da mesma comissão de ética.

"O departamento de investigação entregou ao departamento que julgará o caso, presidido por Hans-Joachim Eckert, os seus relatórios, que contêm os pedidos de aplicação de sanções contra Joseph Blatter e Michel Platini", precisa o comunicado.

"Por razões de proteção da vida privada e devido ao princípio da presunção de inocência, o departamento não publicará os pormenores destes relatórios e das sanções pedidas contra os dois dirigentes", adianta o comunicado.

Num comunicado separado, o departamento de julgamento da comissão de ética da FIFA confirmou ter recebido os relatórios, precisando que os vai estudar "com atenção" e que "decidirá a tempo e horas se avança ou não com um processo formal de julgamento.

Entre outros, a comissão de ética da FIFA acusa Michel Platini de ter recebido 1,8 milhões de euros em 2011 de Joseph Blatter para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".