sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Tribunal Arbitral do Desporto mantém suspensão de Platini

O Tribunal Arbitral do Desporto anunciou hoje que mantém a suspensão de Michel Platini, mas ordena à FIFA que não prolongue o prazo da medida. A 8 de outubro, Platini foi suspenso por 90 dias pelo Comité de Ética da FIFA que o investiga pelo recebimento de 1,8 milhões de euros em 2011 de Joseph Blatter, para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002.

AP/Arquivo

AP/Arquivo

Jacques Brinon / AP

Platini recorreu da suspensão, que o afastou da presidência da UEFA e mantém suspenso o processo de candidatura às eleições para a presidência da FIFA, marcadas para 26 de janeiro.

"Como o Comité de Ética da FIFA indicou que pretende tomar uma decisão antes do final do ano, deixemos então que termine o seu trabalho e aguardemos pelo desfecho do processo", afirmou o secretário-geral do TAS, Matthieu Reeb, citado pela AFP.

O mesmo responsável esclareceu que o TAS determinou que "a FIFA não pode estender a suspensão provisória de Michel Platini para lá de 05 de janeiro", rejeitando a possibilidade que restava em aberto de serem aplicados mais 45 dias.

A 8 de outubro, Michel Platini foi suspenso por 90 dias pelo Comité de Ética da FIFA, que o investiga pelo recebimento de 1,8 milhões de euros em 2011 de Joseph Blatter para pagar um trabalho de aconselhamento realizado em 2002.

"Mesmo que a suspensão fosse levantada, essa medida não garantia a Michel Platini que a Comissão 'ad hoc' da FIFA validasse a sua candidatura presidencial antes de 05 de janeiro de 2016", refere o comunicado distribuído pelo TAS.

No imediato, esta decisão do TAS impede que Platini presida no sábado à cerimónia do sorteio para a fase final do Europeu de 2016, como era o desejo do presidente da UEFA.

Além de Michel Platini, o Comité de Ética suspendeu, também a 8 de outubro, por implicação no escândalo de corrupção que atinge a instituição, Joseph Blatter e o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke.

Com Lusa

  • Bruxelas aguarda relatório completo para analisar pesca da sardinha
    1:29
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Novas regras para compra e venda de animais
    2:04

    País

    Foi aprovado o projeto de lei do PAN que regula transações de animais de companhia. O diploma proíbe, ainda, a publicidade e a venda online de animais selvagens. As multas para o incumprimento da legislação poderão ir dos 200 aos 3.740 euros.

  • Assédio proibido por lei
    1:40

    País

    Ser assediado no emprego é agora proibido por lei e passa a dar direito a indemnização. É o que prevê o diploma aprovado ontem no Parlamento, com as abstenções do PSD e do CDS.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias