sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Alemanha apoia Gianni Infantino para a presidência da FIFA

A Federação de Futebol da Alemanha (DFB) confirmou esta quarta-feira o seu apoio ao secretário-geral da UEFA, o suíço Gianni Infantino, na candidatura à presidência da FIFA nas eleições de 26 de fevereiro.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Denis Balibouse / Reuters

"Gianni Infantino é um candidato para a Europa. É o melhor candidato também para Rainer Koch e a liderança da federação", disse Reinhard Rauball, copresidente da DFB, juntamente com Koch.

Segundo o dirigente, o trabalho de Infantino como secretário-geral da UEFA tornou-o profundo conhecedor de "todas as facetas do futebol" e capacitou-se também em "redes de trabalho internacional", ao que não será alheio facto de "falar seis línguas".

"Com a sua reputação e experiencia, tem as qualificações necessárias para promover as mudanças estruturais e os desafios que se avizinham [na FIFA]", reforçou.

Rauball recordou que a FIFA necessita de "mudança nas direções de topo e um esforço contínuo para implementação sistemática de reformas que assegurem a restituição da sua credibilidade e confiança a longo prazo".

Terça-feira, Infantino, de 45 anos, prometeu um Campeonato do Mundo com mais equipas, de 32 para 40 já no Mundial2018, na Rússia, reformas que credibilizem a FIFA e canalizam mais dinheiro para as federações.

Gianni Infantino foi durante sete anos o braço direito do anterior presidente da UEFA, o francês Michel Platini, suspenso devido a acusações de corrupção, que também puniram o presidente da FIFA, Joseph Blatter.

Na corrida para a presidência da FIFA estão ainda Salman bin Ebrahim al Khalifa, do Bahrain, o francês Jérôme Champagne, o jordano Ali Bin Al Hussein e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.