sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Tokyo Sexwale admite aliança para impedir vitória de Infantino na FIFA

O sul-africano Tokyo Sexwale, candidato à presidência da FIFA, afirmou esta sexta-feira que está disposto a formar uma aliança para impedir que o franco-suíço Gianni Infantino seja nomeado o próximo líder do organismo que rege o futebol mundial.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

Em declarações à imprensa sul-africana, o dirigente de 62 anos nunca mencionou o nome do atual secretário-geral da UEFA, mas defendeu que o sucessor de Joseph Blatter deverá ser africano ou asiático e "nunca europeu".

"Estou focado em garantir que o próximo presidente da FIFA surja de África ou da Ásia. Da Europa, não. Se calhar, é tempo para fazer alianças. É democrático, saudável e bom. Estamos a falar. Somos todos irmãos, somos todos colegas", referiu Sexwale.

Sexwale é um antigo ativista anti-apartheid e esteve preso junto a Nelson Mandela em Robben Island. O sul-africano não exerce qualquer cargo no futebol do seu país, tendo apenas feito parte do comité organizador do Mundial2010.

O seu trabalho no Campeonato do Mundo organizado na África do Sul valeu-lhe a nomeação para o comité antirracismo da FIFA.

O sul-africano é o quinto candidato oficial à sucessão de Joseph Blatter, juntando-se ao príncipe Ali Bin Al Hussein, ao xeque Salman bin Khalifa al Ebrahim, a Gianni Infantino e Jerome Champagne.

Nunca nenhum africano presidiu à FIFA nos seus 111 anos de história.

A votação para a sucessão do suíço Joseph Blatter, afastado na sequencia dos escândalos financeiros e dos casos de corrupção que abalaram a estrutura da FIFA no último ano, decorrerá a 26 de fevereiro, em Zurique, na Suíça.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.