sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Gianni Infantino conta com apoio de Mourinho e Figo na corrida à FIFA

O italo-suíço Gianni Infantino, um dos cinco candidatos à presidência da FIFA, afirmou esta segunda-feira que quer "devolver o futebol ao sítio que merece", num encontro onde contou com o apoio dos portugueses José Mourinho e Luís Figo.

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

Matt Dunham / AP

A conferência de imprensa, que teve lugar no Estádio de Wembley, em Londres, serviu para o atual secretário-geral da UEFA revelar o seu "plano de ação" para os primeiros 90 dias, caso seja eleito, tendo apresentado outros apoios de 'luxo', como o treinador Fabio Capello e os ex-jogadores Fernando Hierro, Roberto Carlos, Diego Forlán, e Clarence Seedorf.

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

Segundo o dirigente, "a sua [da FIFA] reputação não está no seu melhor e só é recuperável se a trabalharmos a mil por centos, se respiramos e vivemos futebol".

Durante a sua declaração de intenções, Infantino afirmou querer "um secretário-geral forte" no organismo, revelando que a sua pretensão é a de que seja um dirigente africano.

Além de Infantino, disputam as eleições na FIFA, a 26 de fevereiro, príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, o xeque do Bahrein Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, o francês Jerôme Champagne e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Lusa

  • Marcelo reunido com Putin
    0:51

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta manhã reunido com o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscovo. No encontro, esteve também presente o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov. A comitiva portuguesa considera que se trata de um encontro importante para as relações internacionais.

  • Chuva, trovoada e temperaturas até 35ºC para o São João

    País

    Os festejos do São João, celebrados na próxima noite de sábado e no domingo vão ser precedidos de aguaceiros, trovoadas e granizo, mas também de temperaturas até 35 graus, disse hoje à Lusa fonte do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).