sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Gianni Infantino conta com apoio de Mourinho e Figo na corrida à FIFA

O italo-suíço Gianni Infantino, um dos cinco candidatos à presidência da FIFA, afirmou esta segunda-feira que quer "devolver o futebol ao sítio que merece", num encontro onde contou com o apoio dos portugueses José Mourinho e Luís Figo.

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

Matt Dunham / AP

A conferência de imprensa, que teve lugar no Estádio de Wembley, em Londres, serviu para o atual secretário-geral da UEFA revelar o seu "plano de ação" para os primeiros 90 dias, caso seja eleito, tendo apresentado outros apoios de 'luxo', como o treinador Fabio Capello e os ex-jogadores Fernando Hierro, Roberto Carlos, Diego Forlán, e Clarence Seedorf.

"Necessitamos de mudar e tomar as decisões adequadas", disse o candidato, de 45 anos, para quem "o futebol tem que ser o centro da FIFA".

Segundo o dirigente, "a sua [da FIFA] reputação não está no seu melhor e só é recuperável se a trabalharmos a mil por centos, se respiramos e vivemos futebol".

Durante a sua declaração de intenções, Infantino afirmou querer "um secretário-geral forte" no organismo, revelando que a sua pretensão é a de que seja um dirigente africano.

Além de Infantino, disputam as eleições na FIFA, a 26 de fevereiro, príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, o xeque do Bahrein Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, o francês Jerôme Champagne e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.