sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Blatter vai testemunhar no âmbito do recurso de Platini

O suíço Joseph Blatter, ex-presidente da FIFA, vai testemunhar na sexta-feira no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), no âmbito do recurso interposto por Michel Platini contra a suspensão por seis anos de toda a atividade ligada ao futebol.

© Arnd Wiegmann / Reuters

De acordo com a agência noticiosa AFP, que cita fonte próxima do processo, Blatter, também condenado a seis anos de suspensão na sequência do escândalo de corrupção que abalou a FIFA, vai testemunhar a pedido do organismo regulador do futebol mundial.

Platini, antigo presidente da UEFA, foi inicialmente condenado a oito anos de suspensão pela Comissão de Ética da FIFA, a 21 de dezembro de 2015, mas a pena foi depois reduzida para seis anos pela Comissão de Recurso.

O ex-futebolista internacional francês, que chegou a apresentar a candidatura à presidência da FIFA para as eleições realizadas este ano, foi condenado por abuso de confiança, conflito de interesses e gestão danosa no caso do pagamento de 1,8 milhões de euros feito por Blatter.

Impossibilitado de exercer as funções de presidente do organismo de cúpula do futebol europeu, Platini recorreu a 02 de março para o TAS, que anunciou a intenção de tomar uma decisão definitiva sobre o processo antes do início do Euro2016, marcado para 10 de junho, em França.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".