sicnot

Perfil

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Corrupção na FIFA

Blatter, Valcke e Kattner receberam 71 M€ em 5 anos

A FIFA informou hoje as autoridades norte-americana e suíça sobre os valores pagos em salários e prémios a Joseph Blatter e dois antigos dirigentes, Jerôme Valcke e Markus Kattner. Os três antigos dirigentes receberam perto de 71 milhões de euros durante cinco anos.

Blatter, Valcke e Kattner em 2007

Blatter, Valcke e Kattner em 2007

© Andreas Meier / Reuters

O anúncio da FIFA surge um dia depois de o Ministério Público da Suíça ter apreendido vários documentos e material informático durante buscas realizadas na sede da instituição, em Zurique, no âmbito do escândalo de corrupção que abalou o organismo regulador do futebol mundial.

"As evidências parecem revelar um esforço coordenado dos três antigos dirigentes de cúpula da FIFA para enriquecerem através de aumentos salariais anuais, bónus do Campeonato do Mundo e outros incentivos, no total de mais de 79 milhões de francos suíços [71 milhões de euros]", disse Bill Burck, da empresa de advogados responsável pela auditoria interna.

A FIFA disse que já informou a justiça helvética das descobertas da investigação que está a conduzir e que o fará em breve às autoridades norte-americanas, indicando que "alguns contratos contêm disposições que parecem violar a legislação suíça".

O comunicado emitido hoje pelo Ministério Público informa que "no seguimento na investigação em curso à FIFA [...], foram efetuadas buscas na sede da FIFA, com o objetivo de confirmar indícios existentes e recolher novas informações".

As autoridades judiciais suíças limitaram-se a precisar que foram apreendidos documentos e material informático, mas uma porta-voz da FIFA adiantou que o principal alvo das buscas foi o gabinete do alemão Kattner, ex-diretor financeiro e secretário-geral adjunto da instituição.

Kattner, que chegou a substituir interinamente o francês Jérôme Valcke, na sequência da suspensão imposta ao antigo secretário-geral da FIFA, foi despedido no mês passado, com o organismo a alegar que o alemão recebeu bónus no valor de milhões de dólares relativos a contratos que escondeu do organismo.

Com agências

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.