sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Relatório sobre BES Angola deve chegar ao Parlamento na próxima semana

O Banco de Portugal (BdP) estima que o bloco da auditoria forense que a Deloitte conduziu ao BES e às suas ligações com o BES Angola (BESA) chegue à comissão parlamentar de inquérito sobre o tema na próxima semana.

Na carta introdutória do primeiro bloco da auditoria, que chegou ao Parlamento na quarta-feira, o BdP realça que "é expectável que um segundo relatório, relativo às relações mantidas entre o BES e o BESA, seja formalmente entregue no decurso da segunda semana de março, seguindo-se a imediata comunicação do respetivo sumário executivo a essa comissão".

O supervisor indica no texto, a que agência Lusa teve acesso, que há ainda três outros blocos da auditoria que estão neste momento a ser ultimados que se estima que sejam "formalmente entregues ao BdP no decurso do mês de março".

Um desses blocos, que também se reveste de especial importância, diz respeito ao "reflexo no ativo do acréscimo do passivo financeiro da Espírito Santo International (ESI)".

O primeiro bloco da auditoria foi noticiado inicialmente pelo Jornal de Negócios na noite de quarta-feira e nele é revelado que Ricardo Salgado "desobedeceu ao Banco de Portugal 21 vezes, entre dezembro de 2013 e julho de 2014", e "praticou atos dolosos de gestão ruinosa".

Salgado, entretanto, pediu já hoje "um efetivo direito ao contraditório" e "uma defesa com a mínima igualdade de armas" sobre as investigações a decorrer.



Lusa
  • Auditoria aponta quatro atos de gestão ruinosa à administração de Salgado
    1:57

    Queda do BES

    O Banco de Portugal já enviou ao Ministério Público os resultados da auditoria forense ao BES. O documento dá conta de 21 desobediências de Ricardo Salgado ao supervisor em apenas sete meses e de pelo menos quatro práticas de gestão ruinosa. É ainda dito que foram feitos empréstimos a administradores do BES e a empresas do Grupo Espírito Santo às escondidas do Banco de Portugal, que já tinha proibido qualquer crédito.

  • Associação dos lesados do BES diz que auditoria dá razão aos que estão a perder dinheiro
    0:47

    Queda do BES

    A Associação Indignados e Enganados do Papel Comercial, que representa os lesados do Banco Espírito Santo (BES), considera que a auditoria à instituição vem dar razão a quem reclama o dinheiro de volta. O relatório reforça a ideia de que há uma distinção entre os pequenos aforradores e os investidores de risco, realça Mário Gomes, membro da associação Algo que a associação defende desde o colapso do banco.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.