sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Ulrich diz que avisou Vítor Gaspar em 2013 sobre problemas no BES e no GES

O presidente do conselho de administração do BPI, Fernando Ulrich, disse hoje que demonstrou preocupações com o antigo ministro das Finanças Vítor Gaspar de problemas no BES e no Grupo Espírito Santo (GES) entre maio e junho de 2013.

Lusa

"Falei com o doutor Vítor Gaspar, [então] ministro das Finanças, não consigo precisar exatamente o dia, entre finais de maio, princípios de junho, de 2013. Nessa conversa (...) tocámos vários assuntos, e um dos assuntos que referi ao então ministro foi a minha preocupação com a situação no GES e no BES", declarou Ulrich na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES.

 

Nas respostas escritas à comissão, Vítor Gaspar havia dito que só tomou conhecimento das dificuldades financeiras do GES no final de 2013.

 

"Ouvi falar de dificuldades financeiras idiossincráticas no GES no final de 2013. Em termos concretos, soube, mais tarde, das implicações da exposição do BES [Banco Espírito Santo] ao GES pela imprensa especializada internacional", lê-se nas respostas do antigo governante.

 

Ulrich diz que depois de ter avisado Gaspar foi contactado "em menos de 48 horas" por um "alto funcionário do Banco de Portugal" para ser agendada uma reunião sobre a matéria.

 

"Nessa conversa expliquei mais em detalhe as razões de ser das preocupações que tinha partilhado com o senhor ministro das Finanças. O que aconteceu a partir daí, não sei. Se tinha uma preocupação importante, partilhei-a com o ministro porque tive oportunidade de o fazer", vincou.

 

No arranque da sua audição, Ulrich declarou ser amigo desde há algumas gerações da família Espírito Santo, mas realçou que ninguém "pode estar em torres de Marfim".

 

"Todos temos de prestar contas", sublinhou, definindo como "muito importante" o trabalho que está a ser desenvolvido na comissão parlamentar de inquérito.

 

A comissão de inquérito teve a primeira audição a 17 de novembro e tinha inicialmente um prazo total de 120 dias, até 19 de fevereiro, mas foi prolongado por mais 60 dias.

 

Os trabalhos dos parlamentares têm por objetivo "apurar as práticas da anterior gestão do BES, o papel dos auditores externos e as relações entre o BES e o conjunto de entidades integrantes do universo do GES, designadamente os métodos e veículos utilizados pelo BES para financiar essas entidades".

 

 Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.