sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

"Chamar ao BES o banco mau é como darem-me uma facada"

O ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, disse hoje no parlamento que lhe custa a aceitar o facto de o Banco de Portugal ter denominado de BES de 'bad bank' após a intervenção do supervisor na entidade.

(Lusa/ Arquivo)

"Chamar ao BES o banco mau é como darem-me uma facada", afirmou o responsável durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito ao caso BES/GES.

Salgado lançou este desabafo enquanto expunha a sua versão da matéria relacionada com o BES Angola (BESA), em resposta às questões que lhe iam sendo colocadas pelo deputado do PCP Miguel Tiago.

"O capital do BES chegou a junho em 3,8 mil milhões de euros. As ações do BES foram para o banco mau, e o crédito do BESA foi para o banco bom, mas constituíram uma provisão de 100%", sublinhou, apontando para a verba em torno dos 3,3 mil milhões de euros.

"E depois apresentam-se em Angola. Os angolanos, por mais amigos que fossem do Grupo Espírito Santo (GES), sabiam que o Novo Banco já não era do grupo e o que pagaram foi 688 milhões de euros. E isso aparece no banco novo como resultado", assinalou.

E realçou: "A operação foi louvada, porque o banco novo teve ganho, mas perdeu o resto. Nós não considerávamos que aquilo estivesse perdido".










Lusa
  • "Fernando Pessoa dizia: pedir desculpa é pior do que não ter razão"
    2:32

    Queda do BES

    Ricardo Salgado não pede desculpa e admite apenas que errou, mas nunca com intenção de prejudicar clientes e acionistas. Desde a última ida ao Parlamento, as palavras de Salgado foram várias vezes contrariadas. Salgado levou, desta vez, o discurso bem preparado, mas depois da intervenção inicial, teve mais dificuldades em explicar-se.

  • Salgado deixa duras críticas ao governador do Banco de Portugal
    3:31

    Queda do BES

    Ricardo Salgado voltou esta quinta-feira ao Parlamento, com uma estratégia muito clara: arrasar o governador do Banco de Portugal. O ex- presidente do BES acusou Carlos Costa de o ter julgado sem provas e de ser o verdadeiro responsável pela derrocada final do banco. Salgado garantiu aos deputados que o banco não só era viável como até havia dinheiro para pagar aos clientes e investidores, e que foi a intervenção do governador que deitou tudo a perder. Salgado admite que o caso vai parar nos tribunais.

  • "Não houve qualquer desvio de fundos"
    0:36

    Queda do BES

    O antigo líder do BES Ricardo Salgado disse hoje que "não houve qualquer desvio de fundos" e o dinheiro do banco "não foi para os bolsos dos acionistas, entre os quais se encontrava a família Espírito Santo".

  • Salgado cita Pessoa para não pedir desculpa
    1:11

    Queda do BES

    O antigo líder do BES Ricardo Salgado citou hoje Fernando Pessoa na comissão parlamentar de inquérito à gestão do banco, recorrendo ao autor para dizer que vai continuar a defender a sua razão. Porque "pedir desculpa é pior do que não ter razão".

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.