sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Clientes do BES querem "reunião urgente" com regulador suíço sobre Banque Privée Espírito Santo

A Associação de Defesa dos Clientes Bancários (ABESD) solicitou para esta manhã uma "reunião urgente" à entidade reguladora do mercado suíço sobre o papel comercial vendido nos balcões em Portugal do Banque Privée Espírito Santo, cujo agendamento ainda aguarda.

(Arquivo)

(Arquivo)

Denis Balibouse / Reuters

"Segundo informações obtidas, a FINMA irá responder a este pedido de reunião, contudo ainda não foi possível confirmar a disponibilidade para receber hoje os representantes da ABESD", refere a associação em comunicado.

O objetivo do encontro, adianta, é "apresentar institucionalmente a associação e quem a compõe, rever os dados públicos sobre a situação que levaram ao colapso do grupo BES/GES (Banco Espírito Santo/Grupo Espírito Santo), ver a forma de os associados reaverem os seus investimentos e avaliar uma estratégia para que não existam mais perdas futuras no sistema bancário que atinjam os clientes não qualificados".

"A ABESD reitera e recorda que o Banco Privée Espírito Santo (BPES) era uma entidade bancária do universo do Grupo Espírito Santo [GES], que detinha balcões em Portugal, tendo realizado a venda de papel comercial e de outros produtos financeiros de forma irregular", sustenta a associação, salientando que "o BPES, face à sua presença geográfica em Portugal, era também uma entidade sobre a supervisão do Banco de Portugal".

Criada em julho de 2014 na sequência do incumprimento do grupo BES/GES em retornar os investimentos realizados pelos clientes, a ABESD conta atualmente com 110 associados descritos como "clientes não qualificados" no universo bancário do grupo Espírito Santo. 

Lusa
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.