sicnot

Perfil

Queda do BES

Ricardo Salgado volta a ser ouvido por causa da falência do Banque Privée

Ricardo Salgado volta a ser ouvido por causa da falência do Banque Privée

Ricardo Salgado foi novamente ouvido pela FINMA, autoridade que regula o mercado de capitais na Suíça, nas instalações da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em Lisboa. O antigo presidente do BES responde por causa da falência do Banque Privée, o braço suíço do império Espírito Santo. A SIC apurou que Salgado é o único ouvido nesta ronda.

  • Regulador suíço ouviu Ricardo Salgado sobre Banque Privée

    Economia

    Ricardo Salgado foi ouvido hoje durante mais de oito horas pelas autoridades suíças, no âmbito da investigação ao Banque Privée.A audição realizou-se nas instalações da CMVM em Lisboa. O ex-banqueiro saiu pela garagem por volta das seis e meia da tarde, depois do advogado, Francisco Proença de Carvalho. Numa nota enviada às redações, o advogado apenas explica que Salgado colaborou voluntariamente com a entidade reguladora da Suíça no apuramento dos factos relacionados com o Banque Privée Suisse e foi ouvido na qualidade de ex-administrador.

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19