sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Anbang oferece 3,5 mil milhões pelo Novo Banco

Os chineses da Anbang oferecem 3,5 mil milhões de euros pelo Novo Banco, segundo o Diário Económico, o que implicará um prejuízo de mais de mil milhões para o Fundo de Resolução.

Esta nova linha destina-se a apoiar projetos de investimento até 25 milhões de euros, com possibilidade de duplicação do valor, dependendo de várias condições. (Arquivo)

Esta nova linha destina-se a apoiar projetos de investimento até 25 milhões de euros, com possibilidade de duplicação do valor, dependendo de várias condições. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

Qualquer oferta inferior a 4,9 mil milhões de euros resulta em perdas para o Estado, que financiou a quase totalidade do fundo criado para injetar capital no Novo Banco.

De acordo com o Diário Económico, os 3,5 mil milhões são a base da negociação com o Banco de Portugal. Ainda assim a proposta prevê um aumento de capital que pode ir até aos mil mihões de euros.

O processo de venda do Novo Banco está na fase final e poderá estar concluído entre esta semana e a próxima.

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.