sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Mais de metade dos emigrantes lesados aceitou proposta do Novo Banco

O Novo Banco confirmou hoje que mais de 50% dos emigrantes que subscreveram produtos do Banco Espírito Santo (BES) aceitaram a proposta para o reembolso faseado do capital investido.

© Hugo Correia / Reuters

A imprensa de hoje adianta que o Novo Banco garantiu a adesão de mais de 3.500 clientes emigrantes à solução proposta, que prevê o reembolso do capital investido num período de seis anos. Contactado hoje pela Agência Lusa, o Novo Banco confirmou que mais de 3.500 dos 7.000 clientes não residentes aceitaram a proposta que desbloqueia as suas poupanças.

De acordo com o Jornal de Negócios, este nível de adesão deverá garantir a aprovação da oferta comercial que prevê a recuperação da totalidade do capital investido nos veículos Poupança Plus, Top Renda e Euro Aforro ao fim de seis anos.

Uma fonte oficial do Novo Banco disse à Lusa, no início do mês, que os 7.000 casos correspondem aplicações num valor global de 720 milhões de euros.

O Novo Banco começou a apresentar aos emigrantes em julho uma solução comercial, para reaver o dinheiro, investindo nos produtos Poupança Plus, Top Renda e EuroAforro e aguarda agora a aprovação da maioria dos sete mil clientes para avançar.

Segundo a mesma fonte, a solução comercial teve de ser autorizada pelo Banco de Portugal e prevê a assinatura prévia dos clientes para que o Novo Banco e o Credit Suisse possam anular os veículos financeiros. Só depois será possível avançar com a proposta comercial que garante pelo menos 60% do capital investido, e liquidez se essa for a opção, assim como um depósito anual crescente a seis anos, que possibilita recuperar no mínimo 90% do capital investido.

A agência Lusa tentou, sem sucesso, obter um comentário do Movimento dos Emigrantes Lesados (MEL), que vai manifestar-se na quinta-feira junto ao Ministério das Finanças, em Lisboa.

Lusa

  • Lesados do BES atiram ovos contra a sede do Novo Banco no Porto
    1:18

    Queda do BES

    Desta vez os manifestantes lançaram ovos à sede do Novo Banco. Foi esta manhã, na Avenida dos Aliados, no Porto. Os lesados do papel comercial e os emigrantes lesados voltaram a manifestar-se. Os antigos clientes garantem que não vão desistir do reembolso das poupanças investidas e prometem não parar até obterem respostas do Banco de Portugal.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.