sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Novo Banco com prejuízos de 251,9 milhões de euros no 1º semestre

O Novo Banco registou prejuízos de 251,9 milhões de euros no primeiro semestre, mas excluindo fatores de natureza não recorrente o resultado foi negativo em 188,9 milhões de euros, anunciou esta segunda-feira a instituição.

O resultado financeiro ascendeu a 214,7 milhões de euros e os serviços a clientes a 193,2 milhões de euros. (Arquivo)

O resultado financeiro ascendeu a 214,7 milhões de euros e os serviços a clientes a 193,2 milhões de euros. (Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

Entre os fatores de natureza não recorrente está a imparidade relativa à Pharol SGPS/Oi, no montante de 55,4 milhões de euros, a reavaliação de passivos, de 59,4 milhões de euros, as provisões para outros ativos e contingências de 59,4 milhões de euros negativos e os custos com reformas antecipadas e indemnizações, de 7,6 milhões de euros, de acordo com informação divulgada pela instituição financeira.

O resultado financeiro ascendeu a 214,7 milhões de euros e os serviços a clientes a 193,2 milhões de euros.

A margem financeira de 214,7 milhões foi "negativamente afetada pela anulação contabilística de juros de grandes operações contratadas antes da Resolução [do Banco de Portugal] e com problemas de cobrabilidade", refere a instituição.

E adianta que o impacto negativo desta anulação contabilística de juros de grandes operações contratadas pelo antigo BES foi de 103 milhões de euros antes de impostos.

O produto bancário comercial foi de 407,9 milhões de euros e o produto bancário atingiu os 414,6 milhões de euros.

"Os depósitos de clientes aumentam 2,3 mil milhões de euros no primeiro semestre de 2015 (6,5 mil milhões de euros desde setembro de 2014), totalizando 28,9 mil milhões de euros, atingindo no segundo trimestre, em base comparável, o valor mais alto de sempre na atividade doméstica", refere, em comunicado.

O rácio de solvabilidade Core Tier 1 passou de 9,5% para 9,4%. O ativo reduziu-se em 3,6 mil milhões de euros (6,9mMEuro em 2014).

O relatório enviado à CMVM refere ainda que "a recuperação dos recursos de clientes tem permitido reduzir a exposição ao BCE e alterar a estrutura de financiamento, na qual estes recursos representavam aproximadamente 68% do financiamento do balanço no final do primeiro semestre".

"Nesta data, o financiamento obtido junto do BCE era de 5,9 mil milhões de euros, o que representa uma redução de 2,6 mil milhões de euros face a dezembro", lê-se no documento.

O Novo Banco explica que, "considerando os depósitos em bancos centrais, o financiamento líquido junto do BCE era de 4,4 mil milhões de euros em 30 de junho (o que representa uma redução de 4,5 mil milhões de euros face ao balanço de abertura e de 3,4 mil milhões de euros face a dezembro de 2014)".

Lusa

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.