sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

BE diz que adiar venda do Novo Banco é "tentar disfarçar antes das eleições gigantesco buraco"

A porta-voz do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, disse hoje que adiar a venda do Novo Banco para momento oportuno é "tentar disfarçar antes das eleições o gigantesco buraco que está a ser feito no bolso dos contribuintes".

© Rafael Marchante / Reuters

"Que venham agora a pouco tempo das eleições dizer que a venda vai ser adiada para momento oportuno entendamos: oportuno é para tentar disfarçar antes das eleições o gigantesco buraco que está a ser feito no bolso dos contribuintes com este processo de resolução e com esta venda que o Governo está a tentar fazer", afirmou Catarina Martins, num almoço, em Lisboa, com sindicalistas e ativistas laborais que apoiam a lista do BE às legislativas.

A porta-voz do BE adiantou que "o Banco de Portugal ao dizer que quer adiar a venda do Novo Banco para um momento mais oportuno sabemos que o sonho da direita, de um Governo, uma maioria, um presidente conta também agora com um banco central no bolso para poder fazer propaganda eleitoral".

Hoje, o Banco de Portugal reiterou que iniciou negociações com os potenciais compradores que apresentaram propostas vinculativas na fase III do processo de venda do Novo Banco, remetendo para momento oportuno o resultado desse processo negocial que "está a desenvolver".

A agência Lusa contactou o Banco de Portugal na sequência da notícia hoje divulgada pelo Diário Económico, segundo o qual "a venda do Novo Banco deverá ser adiada para depois das eleições", tendo em conta que "a oferta final da chinesa Fosun prevê um encaixe líquido de apenas 1,5 mil milhões de euros, metade da fasquia mínima pretendida pelo BdP" [Banco de Portugal].

Depois de as negociações entre o Banco de Portugal e a chinesa Anbang terem falhado, o supervisor iniciou negociações com a Fosun.

O fundo norte-americano Apollo foi um dos candidatos que também apresentou uma proposta vinculativa na fase III do processo de venda do Novo Banco.

Lusa

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11

    Mundo

    Um barco de turismo naufragou na Colômbia, ontem à tarde. A bordo estavam cerca de 170 passageiros. Há pelo menos seis mortos confirmados e 28 pessoas continuam desaparecidas. O barco afundou-se ao largo de uma barragem, perante o olhar incrédulo de dezenas de pessoas.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.