sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Ricardo Salgado pode deixar a prisão domiciliária se pagar caução de três milhões

O ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES) Ricardo Salgado viu hoje as medidas de coação alteradas, podendo ficar em liberdade, mediante o pagamento de uma caução de três milhões de euros, revelou o Ministério Público.

© Rafael Marchante / Reuters

"O arguido fica igualmente sujeito à proibição de contactos, designadamente com os restantes arguidos no processo, e à proibição de se ausentar para o estrangeiro", refere uma nota à imprensa hoje divulgada pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Ricardo Salgado estava em prisão domiciliária, desde 24 de julho, no âmbito do processo "Universo Espírito Santo".

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.