sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Advogado dos Lesados do BES volta de Bruxelas com "novo fôlego"

O advogado da Associação de Lesados de Papel Comercial do GES vendido aos balcões do BES considerou "muito proveitosa" a reunião mantida hoje em Bruxelas com responsáveis da Comissão Europeia, apontando que regressa a Portugal com "um novo fôlego".

© Rafael Marchante / Reuters

"Saímos daqui satisfeitos, porque aqueles temas que são proibidos em Portugal foram falados aqui hoje: falámos de confisco, falámos de violação da confiança. Precisámos de fazer alguns milhares de quilómetros para falar abertamente de um tema que em Portugal não se fala", apontou Nuno Silva Vieira, à saída de uma reunião com responsáveis do departamento jurídico da Direção-Geral para a Estabilidade Financeira, Serviços Financeiros e Mercado de Capitais (DG FISMA) da Comissão Europeia.

O advogado considerou que "esta foi uma reunião muito proveitosa" porque foram abordados "temas muito relevantes", que a Associação de Lesados nem contava discutir em Bruxelas, como o "confisco", que até foi levantado pela Comissão Europeia, assim como "problema colossal, violação da confiança, violação do direito de propriedade" e até "violação dos direitos humanos, hoje que é o Dia Internacional dos Direitos Humanos", apontou.

"Também tentámos perceber até que ponto normas europeias poderiam ter sido violadas no caso do BES, e percebemos que há um trabalho maior que temos que fazer nesta parte. Com certeza vamos ter que avançar com mais fervor nos tribunais europeus. Por isso, desde o início nós achamos que a nossa estratégia deveria passar pelo tribunal de justiça da UE", observou.

"Achamos que levamos um novo fôlego para Portugal, e esta é apenas a nossa primeira passagem por aqui", disse, reafirmando que esta é uma "luta" que prosseguirá até que todos os clientes da associação de lesados "recebam todo o valor a que têm direito".

Paralelamente ao trabalho desenvolvido em Bruxelas, Nuno Silva Vieira disse confiar que poderá estar próximo um acordo com o novo Governo de António Costa.

"Antes das eleições, o senhor primeiro-ministro (António Costa) prometeu uma resposta célere, justa e eficaz para os lesados, e isso está a acontecer. Temos reunido com representantes do Governo e achamos que podemos estar perto de uma solução para os lesados. Porquê? Porque nos foi garantido por esses representantes do Governo que vamos encontrar uma solução", afirmou o advogado.

O advogado que representa a Associação de Lesados interpôs no verão uma providência cautelar contra o Banco de Portugal e o Fundo de Resolução, na qual os clientes exigem que o banco central informe um eventual comprador do Novo Banco do montante de papel comercial devido aos cerca de 2.500 subscritores, que ronda os 530 milhões de euros, ou seja, que inclua esse montante como uma imparidade nas contas da instituição financeira.

Em setembro, terminou sem acordo o período de negociação com o potencial comprador do Novo Banco, esperando-se agora a abertura de um novo processo de venda nos próximos meses.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.