sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Encontro de lesados do BES junto ao Novo Banco por "uma nova via no sistema financeiro"

A Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial do grupo GES vai realizar hoje um encontro junto à sede do Novo Banco, em Lisboa, com a intenção de lutar por "uma nova via de mudança no sistema financeiro português".

(Arquivo)

(Arquivo)

FERNANDO VELUDO/ LUSA (Arquivo)

Em comunicado, os lesados do papel comercial do grupo Espírito Santo (GES) vendido aos balcões do Banco Espírito Santo (BES) convidam os "atuais e eventuais lesados do sistema financeiro, e demais cidadãos, para um encontro por uma nova via, uma via de mudança no sistema financeiro português".

Para a associação, "urge limitar os poderes de supervisão do Banco de Portugal, pelo risco de condicionar e de aprisionar o regime democrático de 10,5 milhões de cidadãos às idiossincrasias e taticismos de uma só pessoa -- O Governador do Banco de Portugal".

A Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial (AIEPC) acrescenta que quem se juntar ao encontro está a "evitar a destruição de recursos, a inação, e o incumprimento de garantias" dadas pelo Banco de Portugal "aos clientes".

O presidente da AIEPC, Ricardo Ângelo, que assina o comunicado, diz confiar "na mudança decisiva do enquadramento global, na mudança do 'arco da governação' e na moralização do próprio sistema" ao fim de quatro anos "de descrença, de injustiças, de más decisões nas vendas do património público e na obliteração de três dezenas de biliões de euros de dinheiro dos contribuintes, aforradores e acionistas, perdidos no sistema financeiro nacional".

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.