sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Lesados do BES protestam hoje em Lisboa

A Associação de Lesados de Papel Comercial (AIEPC) do Grupo Espírito Santo (GES) realiza hoje um novo protesto em Lisboa, com os manifestantes a fazerem um "périplo" por agências dos bancos espanhóis apontados como potenciais compradores do Novo Banco.

MANUEL DE ALMEIDA

O objetivo da AIEPC é "alertar os possíveis compradores do Novo Banco para as consequências da não resolução da problemática do papel comercial" do Grupo Espírito Santo (GES).

Desde que o Banco Espírito Santo (BES) foi alvo de uma medida de resolução, no verão de 2014, que clientes do retalho detentores de papel comercial do GES, que compraram os títulos aos balcões do BES, têm vindo a desenvolver várias ações com vista a recuperar o dinheiro investido.

De acordo com as informações recolhidas pela Lusa, são atualmente 2.040 os subscritores de papel comercial que reclamam cerca de 400 milhões de euros.

Sobre o protesto de hoje, cujo arranque está marcado para as 11:30 (hora de Lisboa) junto à sede do Novo Banco, a associação que representa estes clientes que se sentem lesados diz que este será apenas "um ensaio de como serão os protestos caso os bancos espanhóis comprem o Novo Banco e o problema não esteja resolvido", uma vez que garantem que "nunca se resignarão nem nunca deixarão de lutar pelas suas poupanças".

Os manifestantes voltam a dizer que têm notado uma "abertura positiva" pela parte do atual Governo para resolver o seu problema, mas dizem que não baixarão os braços "até essa intenção estar devidamente formalizada".

Depois de o processo de venda do Novo Banco ter sido suspenso em setembro passado, foi relançado formalmente já este ano.

O Santander Totta, que foi um dos interessados na primeira tentativa de venda do Novo Banco, escusou-se a semana passada a comentar especificamente se irá concorrer outra vez ao novo processo de alienação daquela instituição.

Já o BPI também foi parco na informação, mas disse que vai voltar a estudar as condições de venda, tal como fez no primeiro concurso.

Lusa

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contigo" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • Fuzileiros continuam no terreno a ajudar população
    3:03
  • Cozido ou empanadas chilenas para o jantar?
    5:20

    Taça das Confederações

    Portugal e Chile defrontam-se esta quarta-feira em jogo das meias-finais da Taça das Confederações. O jornalista Gonçalo Azevedo Ferreira fala sobre as previsões da imprensa chilena para o encontro, revela alguns dados sobre as presenças de Portugal e Chile em grandes competições e mostra, através das redes sociais, o lado mais descontraído da antevisão deste duelo.

  • Portugal vai pagar 3.500 milhões ao FMI até agosto
    1:18

    Economia

    Portugal vai pagar, até agosto, 3.500 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional. Mil milhões seguem já na sexta-feira. A antecipação do pagamento foi esta quarta-feira formalmente autorizada pelos parceiros e credores europeus.

  • Trump volta a criticar as chamadas "fake news"

    Mundo

    O Presidente norte-americano voltou a criticar aquilo a que chama de "fake news", em português "notícias falsas". Através da rede social twitter, Donald Trump diz que o jornal New York Times "nem sequer liga para verificar os factos e que, por isso, dá notícias falsas".

  • Família Obama de férias na Indonésia

    Mundo

    Das águas claras de Bali aos encantos dos templos de Java, o antigo Presidente norte-americano Barack Obama levou a esposa e as filhas de férias numa aventura de (re)descobertas por um país onde Obama viveu durante quatro anos da sua infância.

    SIC

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44
  • Desacatos no aeroporto de Faro deixam turistas britânicos em terra
    1:46

    País

    Cinco pessoas, que integravam o grupo de turistas britânicos que nos últimos dias causou desacatos em Albufeira, foram ontem impedidas de regressar a Inglaterra. Agressões no aeroporto e desacatos à entrada do avião levaram os comandantes de dois voos a recusar levar aqueles passageiros.