sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Lesados do BES protestam hoje em Lisboa

A Associação de Lesados de Papel Comercial (AIEPC) do Grupo Espírito Santo (GES) realiza hoje um novo protesto em Lisboa, com os manifestantes a fazerem um "périplo" por agências dos bancos espanhóis apontados como potenciais compradores do Novo Banco.

MANUEL DE ALMEIDA

O objetivo da AIEPC é "alertar os possíveis compradores do Novo Banco para as consequências da não resolução da problemática do papel comercial" do Grupo Espírito Santo (GES).

Desde que o Banco Espírito Santo (BES) foi alvo de uma medida de resolução, no verão de 2014, que clientes do retalho detentores de papel comercial do GES, que compraram os títulos aos balcões do BES, têm vindo a desenvolver várias ações com vista a recuperar o dinheiro investido.

De acordo com as informações recolhidas pela Lusa, são atualmente 2.040 os subscritores de papel comercial que reclamam cerca de 400 milhões de euros.

Sobre o protesto de hoje, cujo arranque está marcado para as 11:30 (hora de Lisboa) junto à sede do Novo Banco, a associação que representa estes clientes que se sentem lesados diz que este será apenas "um ensaio de como serão os protestos caso os bancos espanhóis comprem o Novo Banco e o problema não esteja resolvido", uma vez que garantem que "nunca se resignarão nem nunca deixarão de lutar pelas suas poupanças".

Os manifestantes voltam a dizer que têm notado uma "abertura positiva" pela parte do atual Governo para resolver o seu problema, mas dizem que não baixarão os braços "até essa intenção estar devidamente formalizada".

Depois de o processo de venda do Novo Banco ter sido suspenso em setembro passado, foi relançado formalmente já este ano.

O Santander Totta, que foi um dos interessados na primeira tentativa de venda do Novo Banco, escusou-se a semana passada a comentar especificamente se irá concorrer outra vez ao novo processo de alienação daquela instituição.

Já o BPI também foi parco na informação, mas disse que vai voltar a estudar as condições de venda, tal como fez no primeiro concurso.

Lusa

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.