sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Emigrantes lesados querem reunir-se com Presidente, Governo, CMVM e deputados

A Associação do Movimento dos Emigrantes Lesados do BES divulgou hoje que solicitou reuniões com Presidência da República, Governo, CMVM e grupos parlamentares, para procurar conseguir o ressarcimento dos seus representados, no seguimento de um encontro em Paris.

FERNANDO VELUDO

Em comunicado enviado à agência Lusa, esta associação adiantou que "os emigrantes sentem-se injustiçados pela falta de apoio que têm sentido das entidades oficiais (...) e discriminados relativamente aos lesados do papel comercial, que já assinaram com o Governo um protocolo de intenções".

A decisão de solicitar aqueles encontros foi tomada em 2 de abril, na sequência de uma reunião da AMELP, na Câmara de Gentilly, na região de Paris, que juntou cerca de 300 emigrantes provenientes de França, Suíça e Alemanha.

No texto, distribuído pelo escritório de advogados Pereira de Almeida & Associados, criticou-se também as decisões do governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, "que se opõe a que o Novo Banco assuma as suas responsabilidades".

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.