sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

Emigrantes lesados do BES manifestam-se no sábado em Paris

A Associação Movimento dos Emigrantes Lesados Portugueses (AMELP) organiza no sábado, em Paris, uma manifestação pacífica para denunciar a ausência de solução para os lesados do BES/Novo Banco.

Em comunicado, a AMELP -- que diz reunir "mais de 400 associados" entre os trabalhadores emigrantes portugueses - convoca "todos os emigrantes enganados e amigos" para uma "manifestação pacífica", pelas 11:00, no bairro 'Opera' de Paris (9.° bairro), onde estão sediados os bancos portugueses em França.

Salientando que as "palavras de ordem" são "não mandar mais dinheiro para Portugal e para os bancos portugueses", a associação diz pretender "alertar os emigrantes portugueses" para a "ausência de solução para os emigrantes lesados do BES/Novo Banco, enquanto os lesados do papel comercial do GES [Grupo Espírito Santo] obtiveram uma solução nestes últimos dias".

Os manifestantes querem ainda denunciar "o perigo atual da banca portuguesa (recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, colapso do BES, Banif, BPP, BPN)" e "informar os candidatos à compra do Novo Banco que terão que pagar e contar com os emigrantes lesados do BES/Novo Banco".

A AMELP apresenta-se como uma "associação pacífica e sem fins lucrativos" que representa os emigrantes lesados do BES, atual Novo Banco, que subscreveram os produtos Poupança Plus, Euro Aforro, Top Renda e EG Premium.

Segundo sustenta, "esses produtos foram vendidos como depósitos a prazo, garantidos em capital e juros, a clientes emigrantes de retalho ao balcão do BES/Novo Banco".

Neste contexto, demarca-se da Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial (AIEPC) por defender "emigrantes que nunca compraram papel comercial, títulos de dívida de curto prazo emitidos pelo GES (e não pelo Grupo BES), mas sim depositaram dinheiro em aplicações do BES vendidas como depósitos a prazo garantidos em capital e juros".

"Os membros da AMELP não ambicionam nada mais que a justiça desta situação e o reembolso das suas poupanças, investidas e subscritas como meros depósitos a prazo aos balcões do BES", concluiu.


Lusa

  • Proteção Civil desmobiliza meios em Setúbal

    País

    A Proteção Civil vai começar a desmobilizar, hoje à tarde, meios de combate ao incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal e que já está em fase de rescaldo, disse à agência Lusa o vereador da Proteção Civil Municipal.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Portugal condenado por decisão "discriminatória e preconceituosa"
    1:19

    País

    Portugal voltou a ser condenado pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, desta vez por causa de uma decisão discriminatória e preconceituosa. Trata-se do caso da mulher a quem o Supremo Tribunal Administrativo baixou o valor de uma indemnização por negligência médica. Entre os vários argumentos usados, os juízes portugueses consideraram que a sexualidade é menos importante quando se tem 50 anos e dois filhos.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26

    País

    O candidato do PSD à Câmara Municipal de Loures, André Ventura, foi entrevistado esta terça-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. Em análise, a polémica em torno das declarações do candidato sobre a comunidade cigana.

    Entrevista SIC Notícias

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.