sicnot

Perfil

Queda do BES

Queda do BES

Queda do BES

PS culpa anterior Governo e Banco de Portugal pelos lesados do BES e Banif

MIGUEL A. LOPES

O líder parlamentar socialista acusou esta quinta-feira PSD e CDS de terem deixado terreno minado no setor financeiro, com casos por resolver como o dos lesados do BES e Banif, em que também culpou o Banco de Portugal.

Estas posições foram assumidas por Carlos César no debate quinzenal com o primeiro-ministro, num discurso em que defendeu a tese de que o país, "ao contrário das projeções da oposição, vive em estabilidade política, institucional e social".

Na sua intervenção, o presidente do PS classificou como uma "fantasia" a ideia de que Portugal teve uma "saída limpa" do Programa de Assistência Económica e Financeira em maio 2014, apontando como exemplo disso mesmo "a herança" que o atual Governo recebeu ao nível do sistema financeiro.

"Por incúria do Governo anterior, o Banif teve de ser resolvido. O Novo Banco é impossível de ser vendido pelo preço que o anterior executivo garantia e a Caixa Geral de Depósitos teve de ser recapitalizada. Tudo isto custou dinheiro, muito dinheiro", referiu.

De acordo com Carlos César, todas as operações a que o atual Governo socialista foi obrigado a adotar ao longo deste ano teriam custado "bem menos se, no tempo próprio e com os recursos então disponibilizados para estabilizar o setor financeiro, o anterior executivo tivesse agido atempada e de forma competente".

O presidente do Grupo Parlamentar do PS pegou também na ideia de "falta de comparência" usada minutos antes pelo seu homólogo social-democrata, Luís Montenegro, mas agora para criticar o Governo PSD/CDS-PP e, sobretudo, o Banco de Portugal, por causa da questão dos "lesados do BES e do Banif".

"Foi essa mesma atitude de falta de comparência, embora com maior responsabilidade também do Banco de Portugal, que esteve na base do problema dos lesados, quer no que diz respeito ao BES, quer no que concerne ao Banif. A oposição legou-nos a ilusão da chamada saída limpa (do programa da 'troika'), mas o que nos deixou foi um terreno minado com elevados custos para todo o país", acrescentou.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.